Workshop: A PSICANÁLISE E AS RELAÇÕES RACIAIS

Em comemoração ao mês da Consciência Negra a Sociedade Paulista de Psicanálise propõe uma reflexão sobre a relação entre a prática analítica contemporânea e as questões suscitadas pela teoria crítica da Branquitude, as políticas identitárias e as abordagens teóricas clássicas e atuais sobre o Racismo e os conflitos inter-raciais.

Nesse encontro serão analisadas as implicações dos fundamentos do conceito de diversidade no setting e na forma como pensamos a psicanálise, vislumbrando uma ampliação da atuação dos profissionais psi na abordagem de tema.

 

PROGRAMA

DIA 25/11/2022 – sexta feria
Início 9:00 – 10:15 hs INTRODUÇÃO

Fundamentos da teoria da diversidade no pensamento contemporâneo:

10:15 hs INTERVALO
10:30 – 12:00 hs Branquitude: a racialização dos brancos e sua implicação. Efeitos psíquicos no contato com o racismo.
12:00 – 13:00 hs ALMOÇO
13:00 – 14:30 hs A implicação da cultura patriarcal, racista, colonial, a branquitude e negritude na psicanálise no Brasil.  O pensamento decolonial e as

Interseccionalidades. A formação do psicanalista e a escuta mais ampliada.

14:30 – 14:45 hs INTERVALO
14:45 – 16:30 hs Efeitos psíquicos do racismo sobre a população negra (preta e parda)
16:30 -17 hs Avaliação e conclusão

Data

25/11/2022 - sexta feria

Investimento

360,00

coordenação

Coordenação e apresentação: MARIA LETICIA MUNHOZ

Mestre e Doutora pela USP, Psicanalista formada pela Sociedade Paulista de Psicanálise – SPP. Formada em direito pela PUC/SP. É professora da SPPSI. Participa do Grupo de Trabalho a “Cor do Mal Estar” do SEDES. Tem publicação de livros, capítulos e artigos na área. Área de pesquisa: psicologia da diversidade, discriminação étnico-racial e de gênero, teoria crítica da branquitude, práticas institucionais e educacionais antirracistas, violência social e o pensamento decolonial e mediação de conflito.

Ficha de Inscrição


    Data de Nascimento:

    Aluno da SPP: